Artigo
09

maio 2014

Desequilíbrio entre razão e emoção, uma das características muito comuns entre grande parte da direita autoritária brasileira. É visível como não se consegue defender ideias reacionárias sem vociferar ódio rosnante contra a oposição.

Desequilíbrio entre razão e emoção, uma das características muito comuns entre grande parte da direita autoritária brasileira. É visível como não se consegue defender ideias reacionárias sem vociferar ódio rosnante contra a oposição.

Que a direita autoritária-reacionária, de cunho golpista e protofascista e carregada de ódio contra minorias políticas, está numa perigosa trajetória de crescimento no Brasil, já não é nenhuma novidade. Apesar disso, a esquerda brasileira parece perdida diante disso, sem saber como trabalhar de forma conjunta e sistemática para deter, por vias democráticas e educativas, a ascensão desse “movimento” reacionário. Tendo isso em vista, vale, até para ajudar a esboçar planos de enfrentamento político-ideológico, tentar entender um pouco como direitistas dessa estirpe têm agido. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui