Artigo
31

dez 2015

Em cruzamentos com semáforos quebrados ou desligados, muitos "amantes da educação japonesa" partem para o "cada um por si" e mostram que não estão interessados em ver o Brasil abraçar o senso de respeito ao próximo como tradição moral-cultural

Em cruzamentos com semáforos quebrados ou desligados, muitos “amantes da educação japonesa” partem para o “cada um por si” e mostram que não estão interessados em ver o Brasil abraçar o senso de respeito ao próximo como tradição moral-cultural

Às vezes, nas redes sociais, compartilhamos imagens e vídeos que se rasgam de elogios ao povo japonês, por ter uma tradição moral de disciplina e bons modos muito forte. O problema é que, ao mesmo tempo em que tanto admiramos os japoneses, nós mesmos promovemos no Brasil os mais bizarros atos de má educação e falta de respeito. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui