Artigo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
02

abr 2013

preso-x-livres

A imagem acima vem circulando no Facebook, comparando a rapidez da polícia em prender pessoas que roubam pacotes de comida à morosidade em se punir políticos corruptos – ou mesmo à falta de punição. Outra comparação paralela vem sendo pensada entre pessoas pobres serem presas tão facilmente enquanto ricos criminosos se safarem com facilidade e não serem realmente punidos. A pergunta que fica é: por que é tão fácil pobres serem presos por tão pouco enquanto ricos que realmente representam uma ameaça à integridade(?) da sociedade são mantidos impunes e soltos?

Pensando sociologicamente, a resposta não é complicada: os furtadores de pacotes de arroz são punidos pelo Estado, que os governa, enquanto os políticos corruptos são parte do próprio Estado e governam a si mesmos, estando livres de qualquer domínio soberano “superior”. O mesmo se aplica ao contraste entre pobres presos e ricos impunes: os pobres são governados pelo Estado, enquanto os ricos constituem o próprio Estado, de acordo com as teorias de Gramsci e Althusser sobre a definição estendida de Estado e a indistinção, dentro do meio burguês, entre o público e o privado. (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
18

maio 2012

Um dos grandes desafios dos defensores dos Direitos Animais é mostrar ao restante da sociedade a lógica ética do reconhecimento dos direitos fundamentais dos animais não humanos. E isso não é tão fácil como se pensa, porque requer quase que uma mudança de lógica cultural-ideológica. Isso porque, em muitos aspectos, os DA estão para a mentalidade da sociedade especista tal como o anarquismo está para os estatistas (ou para aqueles em geral que se acostumaram com a naturalização do Estado) – como sendo algo de difícil compreensão e “alienígena” demais para os valores atuais prevalecentes.

É possível ver pessoas desdenhando da ideia de os animais não humanos terem interesses próprios e direitos enquanto indivíduos. Da mesma forma, é bastante comum ver estatistas fazendo pouco caso de anarquistas que questionam a essência dos símbolos nacionais e do próprio Estado. E basta entender um pouco o anarquismo para percebermos que os DA estão na mesma linha de estranheza lógica em comparação, respectivamente, ao estatismo e ao especismo.

E isso podemos perceber a partir de nós mesmos. Percebamos que as pessoas que seguem o senso comum de que animais podem eticamente ser escravizados têm tanta dificuldade de entender os DA quanto muitos de nós vegano-abolicionistas temos de compreender a ética anarquista e a opressão estatal. (mais…)

9 Comentários

-

Leia mais aqui