Meio Ambiente

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
17

jun 2011

Ontem, em debate no auditório do IPAD, o secretário pernambucano de Meio Ambiente Sérgio Xavier respondeu em definitivo às minhas indagações, feitas desde o Twitter, sobre se o estuário de Suape será salvo pela nova política ambiental do governo Eduardo Campos.

Resumindo a resposta dele: a resposta de descaso transmitida pelo perfil do SEMAS no Twitter foi uma “falha de comunicação”, e ainda não está consumada a certeza de que todos os 691 hectares ameaçados pela Lei Estadual 14.064/2010 serão destruídos, uma vez que, de totalmente certos para a área condenada estão apenas dois estaleiros (Promar e Construcap) que derrubarão 71 hectares – o que, segundo ele, já está fora do poder seu e da SEMAS impedir – e os demais projetos de empresas que quiserem se instalar na área condenada podem ser modificados perante influência da SEMAS e de seus órgãos subordinados. Para ele, derrubar mais mangue, apenas se não houver absolutamente nenhuma alternativa viável para a expansão do cluster naval de Suape. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
13

jun 2011

Acabei de confirmar no Twitter o que eu já desconfiava: a “guinada à sustentabilidade” do Governo de Pernambuco, que se desenhou no post Uma política ambiental para Pernambuco?, é enganosa. É uma mera fachada para suavizar a impopularidade de empreendimentos presentes e futuros de devastação ambiental por parte do governo Eduardo Campos em nome do “desenvolvimento”.

A autointitulada Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS) (perfil Twitter: @Semas_PE) mostrou seu total desprezo ao mangue de Suape, e ainda tem a desfaçatez de dizer que compensará mangue com mata atlântica, dois biomas bastante diferentes um do outro (uma das únicas semelhanças entre ambos é que são tropicais).

As provas estão abaixo, obtidas no Twitter. Primeiro eu perguntei, sexta-feira passada: (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui