Direitos Humanos

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
27

out 2012

Fui a uma loja de cosméticos e dei uma tirada de fotos na seção de tinturas de cabelo. Vi ali uma evidência que a indústria de cosméticos parece não acreditar que mulheres negras nunca usam nem gostam de usar tinturas de cabelo. Praticamente só há brancas nas fotos das embalagens e as únicas que se aproximam de uma cor escura da pele são pardas de tom bem claro. Clique nas imagens para vê-las em tamanho máximo:

(mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
17

out 2012

No Brasil, a raça ainda é um determinante se a pessoa vai ou não se dar bem na vida. O caso do mendigo branco de olhos azuis de Curitiba é um exemplo emblemático disso.

Uma história em que pobreza, padrão eurocêntrico de beleza e cultura racista se chocam vem movimentando a internet. Um mendigo fotografado em Curitiba está sendo assunto em todo o Brasil, por ser um branco de olhos azuis “mas” ter sido castigado pela pobreza mendicante. Quando sabemos dessa novidade e a comparamos com a vida de milhares de outros mendigos pelo Brasil, percebemos o quanto a cultura brasileira ainda é muito impregnada de racismo.

O mendigo branco, cujo nome ainda não foi revelado, vive nas ruas de Curitiba e posou para a foto desejando “ser colocado no rádio” para ficar famoso. A fotografia foi posta no Facebook e agora campeia pelo Brasil inteiro, chamando atenção de mulheres e homens. Ora é considerado “lindo de morrer”, com muitas mulheres querendo namorá-lo e abrigá-lo encantadas com a beleza dele; ora vem sendo candidato às passarelas da moda, como o modelo “dos sonhos” das grifes; ora tem sua mendicância posta em dúvida principalmente por ser um branco de olhos azuis, parecido demais com um europeu para ter sua pobreza reconhecida. As opiniões convergem em sua maioria a um ponto: ele é “lindo” demais para continuar mendigo. (mais…)

20 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
04

maio 2012

No ano passado falei do Miss Brasil 2011, no qual não houve nenhuma finalista negra ou mulata apesar do Brasil ter uma das maiores populações negro-mulatas do mundo. Esse cenário de padrão racista de beleza se repetiu no concurso Gata do Paulistão 2012. Todas as finalistas eram brancas, metade delas eram loiras – algo mais que desproporcional à população feminina brasileira ou paulista -, apenas uma possuía algumas feições de ancestralidade indígena e de novo não houve nenhuma negra ou mulata no páreo.

Percebe-se novamente, em tal cenário de exclusão racial espontânea – em que a exclusão das negras não se deu por regra, mas sim pela preferência da audiência ou dos selecionadores -, que o padrão de beleza predominante no Brasil é sim racista e eurocêntrico – à exceção da preferência pela voluptuosidade corporal combinada com abdome fino, que difere da magreza do padrão europeu. (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui