Artigo
23

out 2015

vc-nao-eh-o-centro-do-universo

Aviso de conteúdo traumático: há menções a bullying, relacionamentos terminados e preconceito sofrido por minorias políticas, como o racismo e a acusação de “vitimismo”.

Apesar de não constar, até o momento, em listas acadêmicas de falácias, a falácia que este texto descreve é extremamente comum. Trata-se da falácia egocêntrica, uma maneira errônea de o indivíduo perceber o mundo usando a si mesmo como uma lente, sem perceber que essa lente é distorcida e descamba em tendenciosidade, para enxergar a humanidade. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui
12

maio 2014

egocentrismo

Algo muito comum em argumentações é ver o argumentador defendendo ideias baseando-se numa premissa que visivelmente deixa a entender que ele enxerga que todos os seres humanos do mundo ou do seu país são iguais a ele. Nisso vemos toda sorte de apelos egocêntricos impondo o silenciamento das diferenças e/ou legitimando opressões diversas. Aqui temos um tipo de falácia argumentativa comum, mas ainda pouco listado em catálogos de falácias: a falácia egocêntrica. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
02

dez 2011

Além do vídeo dos conservadores da Unicamp, outro vídeo teve minha atenção em forma de resposta: o vídeo “Verifique os Fatos – Belo Monte”, feito por alunos da UnB também defendendo a usina Belo Monte.

Novamente me investi em desmontar cada argumento conservador em defesa da usina, e novamente encontrei apenas argumentos fracos facilmente refutáveis. Vocês podem ver abaixo as três partes da minha resposta: (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
13

nov 2011

Introdução e definição

É frequente ver ideias filosóficas dotadas de coerência e senso ético e ações sustentáveis sob o ponto de vista científico sendo preteridas pela maioria das pessoas simplesmente porque elas acham tal ideia ou ação algo “radical”. Comete-se nisso uma falácia lógica que, apesar de ser usada tão corriqueiramente e há tanto tempo – pelo menos, presumo, desde a época do Iluminismo –, ainda não foi oficialmente incorporada aos catálogos de vícios a serem evitados em argumentações.

É o que eu chamo de falácia de redução ao radical ou redução ao extremismo ou Reductio ad Extremum. É semelhante à falácia do apelo ao ridículo, no que tange a desdenhar argumentos sem refutá-los racionalmente, e consiste na seguinte estrutura lógica: (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
12

nov 2011

Entre pessoas que defendem ideias e ações de exploração violenta de animais humanos e não humanos e do meio ambiente como um todo – como o agronegócio, a pecuária, o desenvolvimentismo sem sustentabilidade etc. –, é quase que imperativo justificá-las com sua importância econômica. Por mais cruéis e antiéticas que sejam essas atividades, tornam-se aceitáveis para seus defensores apenas pelo fato de contribuírem para a economia da região, do país e do mundo.

A esse pensamento, que possui um sério problema de coerência lógica, chamo de falácia de apelo à relevância econômica ou Argumentum ad Oeconomicum. Consiste na fórmula: (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui