Artigo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
26

jan 2014

Catracas, objetos que, alinhados bloqueando uma entrada a um lugar onde só se entra pagando, servem como grades intransponíveis a quem não pode pagar pelo acesso. Esse é só um dos tantos aspectos nada libertários do sistema que os direitistas defendem como um "sistema de liberdades".

Catracas, objetos que, alinhados bloqueando uma entrada a um lugar onde só se entra pagando, servem como grades intransponíveis a quem não pode pagar pelo acesso. Esse é só um dos tantos aspectos nada libertários do sistema que os direitistas defendem como um “sistema de liberdades”.

Exceto talvez os fascistas, a grande maioria da direita, pelo menos no Brasil, diz defender a liberdade. Os aspectos principais dessa defesa são a liberdade econômica, que consiste em o indivíduo acumular e usar seu dinheiro e sua propriedade privada como bem quiser, não ter que pagar tantos impostos e não ter a atuação da sua empresa regulada pelo Estado; o impedimento da instauração de uma ditadura socialista e a preservação da livre expressão. Mas não é difícil perceber que essa “liberdade” não é libertadora. Pelo contrário, paradoxalmente aprisiona todos os seres humanos num sistema acorrentador e castigador do qual ninguém poderá sair sem que ele seja derrubado. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui