Artigo
26

nov 2016

Comunismo e fascismo: dois termos muito banalizados e desconceitualizados

Nos discursos políticos de senso comum, talvez você tenha percebido algo incômodo, ou mesmo incida nesse algo.

Na direita, chama-se a torto e a direito pessoas de esquerda de “comunistas”, e políticas que destoem do conservadorismo radical e do neoliberalismo de “comunismo”.

E na esquerda, muitos vivem chamando políticos e cidadãos adeptos de políticas e atitudes antidemocráticas quaisquer de “fascistas”. (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui
08

mar 2015

perola-reacionarios

Muito se fala dos reacionários, popularmente chamados de “reaças” ou, às vezes, “coxinhas”. Fala-se dele especialmente quando há alguma ideia ligada à direita política sendo defendida, como o extermínio de criminosos civis pela polícia, a privatização de empresas estatais e bens públicos (rodovias, ferrovias, aeroportos etc.) e as acusações de que o PT é um partido “comunista” e “bolivariano”. Mas muitas pessoas ainda querem saber, não encontrando a resposta com facilidade: o que é um reacionário? E o que o reacionarismo defende afinal? (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui
02

nov 2014

protesto-coxinha-01-11-14

Um evento na tarde de ontem estarreceu o Brasil: entre mil e 2,5 mil (não há consenso sobre quanta gente participou) “coxinhas” foram à Avenida Paulista, no centro de São Paulo, para pedir pelo fim da democracia no Brasil. Levaram à avenida, para vergonha alheia do restante da população, reivindicações absurdas e criminosas, como o impeachment ilegal contra a presidenta reeleita Dilma Rousseff – sem que haja qualquer acusação comprovada e condenação legal contra ela -, a realização de golpe militar pela restauração da ditadura encerrada em 1985 e a transformação da precária e limitada democracia brasileira num regime totalitário governado pela vontade mimada dos reacionários de direita. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
18

out 2014

enio-barroso-filho

O antipetismo está a cada dia assumindo uma roupagem fascista, de violência autoritária. Estão se multiplicando, nesse segundo turno, os casos não só de discursos de ódio contra minorias na internet, mas também os de agressão física motivadas por fanatismo político anti-PT. (mais…)

8 Comentários

-

Leia mais aqui
13

jul 2014

Num último rompante de autoritarismo com gosto de ditadura – mas que pode ter perniciosa continuidade em protestos futuros -, a Polícia Civil do Rio de Janeiro emitiu, nesse fim de semana, “cartinhas” dando voz de prisão a dezenas de pessoas participantes das manifestações locais do movimento #NãoVaiTerCopa. A intenção é calar e censurar esse movimento e impedir o protesto final marcado para hoje, último dia da Copa do Mundo, dia da final entre Argentina e Alemanha no Maracanã. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
09

abr 2014

escola-publica-militarizada

Escolas públicas de Goiás entregues às mãos da Polícia Militar estão impondo uma disciplina fascista, típica de quartéis, aos alunos que outrora tinham diversas liberdades e sua individualidade teoricamente respeitada. Desde que foram cedidas à administração militar pelo governo do PSDB, elas estão impondo códigos disciplinares espartanos, forçando aos estudantes diversas proibições e obrigações. (mais…)

23 Comentários

-

Leia mais aqui
05

abr 2014

A bandeira do "Brasil do ódio" está de volta, já que eu não trouxe abaixo pérolas "libertárias" e "anarcocapitalistas", mas sim apenas pérolas do mais retrógrado conservadorismo.

A bandeira do “Brasil do ódio” está de volta, já que eu não trouxe neste post pérolas “libertárias” e “anarco”capitalistas, mas sim apenas pérolas do mais retrógrado conservadorismo.

Leia aqui todos os posts da série de pérolas de páginas de direita do Facebook

TW (aviso): este post é repleto de pérolas de apologia à ditadura militar, à violência armada contra a esquerda e movimentos sociais e ódio à democracia. Algumas pérolas misturam fanatismo cristão com autoritarismo pró-ditadura e/ou contêm apologia ao autoritarismo escolar, referências provocativas às torturas na ditadura e apoio à violência policial.

No último dia 22 tivemos uma tentativa de re-edição das famigeradas “Marchas da Família com deus pela Liberdade”, manifestações golpistas que intencionavam reunir mais uma vez centenas de milhares de reacionários em torno da demanda por uma “intervenção militar” que derrubasse a ordem (precariamente) democrática vigente e implantasse uma (nova) ditadura civil-militar. Felizmente foi um fracasso, tanto pelo baixo número de participantes como pela força superior dos protestos antifascistas contra essas marchas. (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
01

fev 2014

fascismo

O artigo abaixo, de Leandro Dias, publicado no site Pragmatismo Político, reforça o alerta contra a ascensão do olavo-golpismo de caráter protofascista entre os conservadores brasileiros. Analisa de forma apurada por que esse crescimento da revolta reacionária contra a gradual conquista, pelas classes mais baixas, de espaços outrora restritos às classes alta e média-alta e a ascensão de demandas como a doutrina penal do ódio e um novo golpe militar. Alerta para o risco de ascensão de um fascismo à brasileira – não referente especificamente ao integralismo. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui
09

dez 2013

motivos-pra-ser-de-direita

Leia aqui todos os posts da série de pérolas de páginas de direita do Facebook

TW (aviso): Algumas pérolas contêm ódio explícito contra pessoas de esquerda e/ou eleitoras do PT, apologia à violência policial, ódio aos Direitos Humanos, militarismo, ódio elitista, apologia ao uso de armas, homofobia, ódio explícito à democracia, aversão a direitos alheios, racismo velado, apologia explícita ao desmatamento, heterossexismo/homofobia, ódio contra ateus, machismo e misoginia e apologia à ditadura militar.

Novamente fiz um “passeio” por páginas de direita do Facebook e catei mais 60 imagens-pérola, que mostram o que há de mais excrescente no pensamento de quem se diz orgulhosamente direitista. E dessa vez passei também por páginas de “libertarismo” (nome bonito dado ao minarquismo, a defesa de um Estado extremamente mínimo, de função exclusivamente policial, judiciária e militar), não mais apenas pelas já carimbadas fanpages conservadoras e/ou declaradamente reacionárias – por isso este post não vem com a bandeira brasileira do ódio, já que minarquistas não se identificam com o nacionalismo. (mais…)

40 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
08

set 2013

Autoria mantida em sigilo para preservar o autor da crítica

Escrito originalmente em 12/11/2012, atualizado em 08/09/2013 nacionalizando as críticas que originalmente tinham como autores os paulistas

Como tendência de reação à cada vez mais comum posição dos brasileiros contra as polícias militares, estão aparecendo contra-argumentos de defesa à instituição, como “A quem você vai recorrer então se for roubadx/sequestradx/agredidx/estupradx?”. A imagem acima é um exemplo de argumento defensor da polícia, ou ao menos da necessidade dela num contexto em que a sociedade ainda não aprendeu a viver eticamente sem precisar de uma polícia para mantê-la disciplinada.

A figura em questão, porém, cai em duas falácias: a falsa dicotomia e a falácia do espantalho. (mais…)

10 Comentários

-

Leia mais aqui