Arquivo Direitos Animais/Veganismo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
23

maio 2012

Depois de ter feito, no ano passado, uma reportagem implicitamente elogiosa ao aumento da profundidade do alcance da pesca, a Folha.com novamente faz uma antiética apologia à atividade.

A reportagem intitulada Atum gigante de 470 kg causa rebuliço entre chefs japoneses em São Paulo, convenientemente publicada na seção Comida – ao invés de Ambiente ou Bichos, como deveria ser com toda reportagem que fale de animais – sutilmente comemora o assassinato de um enorme atum, considerando o acontecimento um motivo de êxtase aos chefs de culinária onívora japonesa. Tratava-se de um atum bluefin atlântico (Thunnus thynnus), considerado Ameaçado na lista da União Internacional pela Conservação da Natureza e Recursos Naturais (IUCN) e descrito pela própria Folha como “o mais raro” atum do mundo.

Não importou à reportagem o estado ambiental de ameaça de extinção desse atum, nem se o peixe em si sofreu excruciantemente quando foi retirado da água para fins gastronômicos que já se sabe que são completamente desnecessários.

A reportagem acaba incentivando que os pescadores procurem e matem mais atuns como esse, para que os chefs comemorem a pesca de animais gigantes. Essa sanha econômica que tanto mal faz ao meio ambiente pode ser sentida ao lermos esse trecho: (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
19

abr 2012

O desrespeito aos idosos e o pisoteio de suas contribuições passadas, presentes e futuras continua nos comentários de notícias da Folha.com sobre idosos célebres. Depois de Hebe Camargo em fevereiro passado, a vítima de preconceito da vez é o ex-técnico Zagallo, que, embora dotado de toda uma história mais que respeitável no futebol brasileiro, é severamente ofendido pelos comentaristas dessa notícia apenas em função de sua idade.

O Velho Lobo, único indivíduo tetracampeão mundial de futebol, volta ao mainstream da cena futebolística candidatando-se a vice-presidente da CBF, querendo de fato continuar fazendo história no futebol brasileiro. O que rendeu o ódio gerontofóbico de diversos indivíduos que comentaram a notícia. Os exemplos mais óbvios desse novo momento de gerontofobia estão listados abaixo, do mais antigo ao mais recente, constando na página de comentários da referida notícia: (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
23

fev 2012

Um outro preconceito aparece ao olhar da população com uma grande obviedade: a gerontofobia – preconceito/discriminação contra idosos. O alvo da vez é Hebe Camargo*. Em notícia do F5, blog especializado em TV da Folha.com, foi divulgado que Hebe ameaça deixar a RedeTV! por motivos de salário – os salários estão atrasando muito. Eu próprio comentei em tom crítico, escrevendo nos comentários “Poxa, que pena. Onde é que ela vai dizer agora que tem pena de ateus por não acreditarem no deus dela?”.

Mas o que se viu depois – e antes também – desse meu comentário foi uma onda de gerontofobia, vinda de pessoas que creem que idosos não deveriam trabalhar, que deveriam simplesmente se aposentar e passar o dia numa cadeira de balanço, como se não pudessem dar mais qualquer contribuição à sociedade e à cultura, e que podem ser livremente insultados de “velhos” tal como racistas pejora(va)m a palavra “preto(s)” para ofender negros. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
12

dez 2011

Todo bom defensor dos Direitos Animais sabe que a exploração animal tem efeitos muito perniciosos em todos os sentidos. Isso se comprova quando olhamos a fatídica história dos cães “de raça”, cuja seleção genética foi propositada por interesses utilitários, incluídos neles os econômicos.

Reportagem da Folha.com denuncia: a seleção artificial levou à criação (sic) de raças altamente propensas a problemas de saúde. Por exemplo, os dachsunds (que era a raça da minha falecida Leide) são predispostos a hérnia de disco e outros problemas de coluna (que Leide de fato sofreu), as raças de focinho curto – como buldogue, pug e pequinês – têm dificuldade para respirar, os boxer e rottweiler são propensos ao câncer em qualquer parte do corpo. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
28

out 2011

Atualizado em 28/10/11 às 21h45 com prints de 5 dos 7 comentários racistas

Denunciei no último post o estouro-de-boiada de comentários reacionários de defensores cegos do desenvolvimentismo contra o protesto de cidadãos de todas as raças (em especial indígenas) no canteiro de obras de Belo Monte. Mas naquele momento ficou sem destaque que diversos daqueles comentários são racistas, incidem em claro preconceito contra indígenas enquanto raça/conjunto étnico.

Exorto desde já os leitores a denunciarem os comentaristas racistas da Folha.com à Justiça. Abaixo o link dos comentários mais explicitamente racistas: (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
27

out 2011

Obs.: Este post pode estar carregado de muitos juízos de valor, embora eu tenha me abstido de expressar emoções revoltosas que emanaram de mim ao ler os comentários nele listados.

A manhã de hoje foi marcada pela ocupação do canteiro de obras da usina mais repudiada do mundo – Belo Monte – por cidadãos indígenas e urbano-rurais.

Não houve resistência dos seguranças da obra à entrada dos manifestantes, e os operários não apareceram para trabalhar. Com isso a obra(da) que ameaça prejudicar as culturas do Xingu e inundar mais de 500km² de floresta está parada. (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
17

out 2011

Reportagem da Folha.com de hoje confirma o que meio Brasil já sabe: o Governo Federal sob o comando de Dilma Rousseff não dá a mínima para o meio ambiente. Pelo contrário, sutilmente levanta a bandeira do desenvolvimentismo predatório.

Enquanto os investimentos capitaneados pelos ministérios dos Transportes e das Cidades disparam, os dedicados ao Ministério do Meio Ambiente evoluem à velocidade de uma lesma – e ainda assim perdem representatividade percentual dentro do todo das despesas de infraestrutura. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
07

jun 2011

A empresa Atlântico Tuna está investindo naquilo que vem descabelando ambientalistas e governos de todo o mundo: investir em tecnologia para pescar mais atuns ainda. Não lhes importa que estejam ameaçados de extinção em grandes regiões oceânicas, tampouco que os animais em questão sofram com o encurralamento e a asfixia derradeira. A ordem da empresa é tapar os ouvidos ante a grita do mundo e o sofrimento animal e faturar alto na arte de matar animais marinhos e esgotar suas populações.

Diz a Folha.com, abordando o assunto com a tradicional “imparcialidade parcial”: (mais…)

7 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
21

maio 2011

Quem lê sites que reservam seção aos animais não humanos, como Folha.com e Terra Notícias, deve ter percebido a abundância de notícias sobre filhotes nascidos ou apresentados em zoológicos de todo o mundo. Pessoalmente não sei se há algum intuito nesses veículos de imprensa de promover educação ambiental pela frequente exibição de filhotes fofinhos. Mas, havendo ou não esse objetivo, há uma grande valorização dos zoos nesses portais e isso é um grande desserviço à ética dos Direitos Animais, além de uma educação antiambiental. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
10

abr 2011

Vi essa nota na Folha.com e achei a história ao mesmo tempo comovente e convidante à reflexão:

Gato Arnesto transformou vida da dona em samba do crioulo doido

A história do gato Arnesto, 2, isso mesmo, o da música famosa do Adoniran Barbosa, começou no dia em que Vivian Andrade, de São Paulo, entrou numa loja de animais com o samba na cabeça.

Eu só queria xeretar os filhotinhos maravilhosos de american short hair que estavam à venda. Um gatinho lindo e serelepe logo chamou a minha atenção e de uma enorme plateia”, relata a dona.

“E não que é de repente ele se vira e me olha com seus lindos olhos verdes! Não resisti e caí no samba. Brincando, cantei pra ele ‘Arnesto nos convidou prum samba…’. Ficamos uns quinze minutos brincando e viramos amigos para sempre. Aí ele olhou nos meus olhos ainda mais fundo como que dizendo ‘sou teu pra sempre’. E então, nesse momento veio na minha cabeça a parte da música ‘Isso não se faz Arnesto’.”

Hoje faz dois anos que Arnesto está com Vivian. “Desde sua vinda minha casa se transformou num samba do crioulo doido, mas ‘nóis não se importa'”, diz a dona.

De mercadoria à venda num pet shop, Arnesto tornou-se um dos melhores amigos de Vivian. Sentimentos, emoções, personalidade, sensibilidade, talvez até amor… Tudo aquilo que por muito tempo aparentou-se exclusivo de seres humanos aflorou de um bichinho que naquela loja nada mais valia do que algumas dezenas de reais e vivia preso numa gaiola-vitrine como se fosse um brinquedo exposto. Posso apostar que o que explica parcialmente essa relação tão bonita é que Arnesto retribuiu sua tutora por tê-lo libertado daquela condição de prisão e desamor.

A reflexão que fica é: é justo que a humanidade trate seres dotados de tantas qualidades e capacidades cognitivas e emocionais, tantas coisas que os fazem muito similares a nós, como meras coisas à venda? Por que um ser humano tem direitos e um inalienável e inviolável valor intrínseco enquanto um animal não-humano tem apenas valor em dinheiro e em utilidade?

Quando alguém compra um cão ou gato filhotes, para a sociedade é “tudo bem”. Mas quando, depois de anos de relacionamento carinhoso, vende o mesmo animal adulto ou envelhecido, passa a ser alvo de repúdio e condenação por parte do próximo. Por quê? Por acaso o filhote vale menos do que um bicho adulto? Se sim, por quê?

Se não se pode vender um bicho adulto visto que ele ganhou um valor intrínseco, uma dignidade, o que é, afinal, que faz o animal ter seu valor em dinheiro substituído por um valor intrínseco comparável ao possuído por seres humanos?

Por que pet shops vendem animais domésticos mas orfanatos não vendem bebês encontrados abandonados? Por que existe uma “indústria” de vidas sencientes mas não uma de vidas humanas? Qual é a dignidade, o valor, o merecimento moral da invalorabilidade, que um não tem e o outro não?

E olhe que eu nem cheguei ainda na questão dos animais abandonados, acolhidos por abrigos cuja maioria se sustenta com precariedade e depende de doações. O que faz uma pessoa preferir comprar um animal num pet shop, tratá-lo como mercadoria mesmo sabendo que tem tantas características humanoides, a adotar um outro que é tão ou mais carente e demandante do amor de uma pessoa? Fora o puro desconhecimento sobre direitos animais, o que faz alguém preferir financiar uma “indústria” que vive de vender vidas a optar pela adoção, pelo pensamento de que vidas sencientes, sentimentos, amor, afeto, carinho etc. não têm preço?

Se você ainda é daquelæs que compram animais como se fossem brinquedos ou robozinhos, pense nessas perguntas, e, se puder, reproduza-as para mais alguém que trata animais como mercadoria.

Fecho este post com esperança de que Vivian, depois de ter conhecido Arnesto, nunca mais trate um animal como mercadoria.

5 Comentários

-

Leia mais aqui