Artigo
07

jul 2016

Um "fora todos eles" que está permitindo à direita ficar e se sentir à vontade

Um “fora todos eles” que está permitindo à direita ficar e se sentir à vontade

Sem ir às ruas e apresentar metas realizáveis para o contexto atual, os foratodistas, longe de emplacar um projeto de poder alternativo a Temer e Dilma, estão inviabilizando a união das esquerdas em torno da oposição à onda conservadora encabeçada pelo golpismo

Em concorrência à direita defensora do impeachment-golpe contra Dilma Rousseff aos opositores assumidos dessa manobra (petistas e parte da esquerda), há os defensores do #ForaTodos, que dizem querer que Dilma não volte e todo o pessoal do PMDB e PSDB caia fora também. Os foratodistas, como eu os chamo aqui, dizem querer mudanças radicais. Mas, apesar de suas nobres intenções, as suas “metas” irreais para o momento – quando ao menos possuem alguma meta -, sua quase total falta de ação prática e seu espírito sectário os fazem estar, na prática, prejudicando a esquerda como um todo e contribuindo para Michel Temer e seus aliados prevalecerem no final. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui