Artigo
15

mar 2015

Exemplo de imagem que chama o fundamentalismo religioso de "a religião"

Exemplo de imagem que chama o fundamentalismo religioso de “a religião”

Uma das características mais marcantes da militância antirreligiosa neoateísta é denunciar os inúmeros abusos do fundamentalismo religioso e de denominações religiosas que não atualizaram seus ditames morais culturais. Isso é muito positivo e saudável, mas deixa de sê-lo quando “a religião” como um todo é apontada como culpada disso tudo estar acontecendo. Isso é um tiro no pé da militância que pretende combater o mau uso das crenças religiosas por parte de fundamentalistas. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
27

abr 2013

frase-o-ignorante-afirma-o-sabio-duvida-o-sensato-reflete

Um dos grandes motivos das brigas de casais, das desavenças entre as pessoas e da intolerância contra as diferenças é a certeza precipitada. É tomar a priori como certo um acontecimento ou característica que não se sabe se realmente condiz com a realidade ou é apenas uma crença infundada. É, aliás, transformar meras crenças factuais em certezas absolutas que resultarão em conflitos muitas vezes desnecessários.

Isso acontece muito, por exemplo, quando o namorado ciumento diz, com raiva, à moça: “Não, você está é procurando macho na academia!”, numa situação em que o homem da academia com quem ela teria se “relacionado” era simplesmente o instrutor dela e estava treinando-a. Ou quando a diretoria da empresa pune um empregado que acabou impedido de ir ao trabalho e avisar a tempo por que não pôde comparecer, como se considerasse de antemão que a falta teria sido por “vagabundagem” ou descompromisso com a missão da companhia. Ou então quando alguém, diante de uma catástrofe natural, arroga que “foi castigo de Deus” sem ao menos saber as causas geológicas ou climáticas por que tal cataclismo aconteceu. (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
16

jan 2013

A esfera antirreligiosa do Facebook, de fanpages que dizem ser ateístas e defender os ateus mas na verdade vêm servindo, vez ou outra, de janelas de despejo de preconceito antirreligioso, continua emanando rajadas de preconceito e generalização e, por tabela, agredindo aquelas pessoas que são religiosas e nem por isso saem por aí ferindo, torturando e matando seres humanos e outros animais.

Nas duas imagens abaixo, atrocidades praticadas por religiosos fundamentalistas novamente são atribuídas à religião em seu conceito e essência:

a)

ashura-generalizada

b) (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
23

maio 2012

Uma amiga leitora me passou o link do vídeo abaixo, que é a fonte de duas das imagens antirreligiosas preconceituosas refutadas pelo Consciencia.blog.br (essa e essa):

É possível perceber que todos os quadros são bastante reducionistas e caem na falácia de inversão do acidente, uma vez que transformam os vícios e defeitos das variantes fundamentalistas do cristianismo em características de todas as religiões, pondo no mesmo saco do fundamentalismo islamo-cristão crenças politeístas, animistas, panteístas, monoteístas não abraâmicas, não teístas (como o budismo e o taoísmo) etc. (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
13

maio 2012

Mais uma imagem neoateísta espalha o preconceito contra todas as religiões ao imputarem à generalidade delas características criticáveis de algumas denominações de religiões monoteístas.

Aqui não tem muito o que comentar. Por causa de regras machistas presentes em grande parte das vertentes cristãs, judaicas e islâmicas, todas as religiões foram tachadas de machistas e misóginas, incluídas nelas as religiões dhármicas orientais, as pagãs e neopagãs, as crenças espirituais indígenas, as religiões sincréticas…

Esquece-se que há diversas religiões não abraâmicas e denominações abraâmicas que não só preveem igualdade entre mulheres e homens, mas também exaltam a figura feminina, como diversas religiões pagãs – culto de Ísis e wicca são bons exemplos – e denominações monoteístas que veneram a Shekinah e a Sophia, arquétipos femininos de certas características de Deus.

Quanto ao ateísmo, não é garantia de respeito à mulher e prezo pela igualdade de gênero. Mesmo menos numerosos proporcionalmente, em comparação aos/às machistas religios@s, existem sim muitos ateus e também ateias machistas. A “religião” sai, mas podem ficar crenças e costumes perniciosos, como chamar um homem de mulher ou de qualquer adjetivo feminino com o fim de depreciá-lo, crer que comer carne é signo de virilidade e vegetarianismo é “coisa de mulézinha”, acreditar que mulheres não podem exercer funções como engenheira e CEO etc. E a isso o ateísmo é totalmente indiferente – o que não é indiferente a isso, na verdade, é o humanismo secular.

No mais, essa é mais uma imagem que bota num saco amaldiçoado todas as religiões existentes por causa dos defeitos de algumas. E acaba transmitindo ao mundo a impressão de que os ateus em geral adoram descer a lenha nas religiões mesmo que para isso usem mentiras e generalizações apressadas.

2 Comentários

-

Leia mais aqui