Artigo
01

fev 2017

Esperança!

Você está desesperançoso(a) e pessimista em relação ao futuro do Brasil e do mundo?

As notícias ruins por aí estão te deixando para baixo, num estado de melancolia e descrença?

Tenho a alegria de dizer: a esperança está viva, e sempre viverá. O futuro tem sim solução – ou melhor, múltiplas soluções. E você pode resgatar essa esperança dentro de si o quanto antes. (mais…)

8 Comentários

-

Leia mais aqui
27

jul 2016

Fora Temer

Muita gente tem postado no Facebook, Twitter e Instagram seu descontentamento com a usurpação da presidência do Brasil por Michel Temer e as diversas más notícias que têm aparecido na mídia. Geralmente esse conteúdo vem, ou parece vir, com um forte desejo de que o impeachment de Dilma Rousseff seja derrotado e das duas uma: ou ela volte para a presidência e fique até o fim de 2018, ou novas eleições diretas para presidente sejam convocadas. Mas será que esse movimento virtual tem chances de dar certo? (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui
02

maio 2016

vc-tem-muito-a-temer

As consequências da política de arrocho de Michel Temer e aliados tornarão mais difícil a vida também de quem apoiou o impedimento da petista

Muitas pessoas têm defendido o impeachment de Dilma Rousseff acreditando que o sucessor dela – que será Michel Temer e, se ele cair, será substituído por Eduardo Cunha – fará do Brasil um país melhor e mais esperançoso. Se você se inclui entre elas – e veio, a este texto, aberto(a) à possibilidade de ler artigos de quem discorda de você –, sinto em ter que parafrasear o autor renascentista italiano Dante Alighieri, na sua épica Divina Comédia: “Abandonai a esperança, vós que entrais”. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui
30

abr 2016

O governo de Michel Temer tem tudo para implodir na insustentabilidade social e política

O governo de Michel Temer parecia ter tudo para implodir na insustentabilidade social e política

Atualização (21/12/2017): Este artigo falhou miseravelmente em sua tentativa de prever uma queda rápida para o governo Temer. Superestimei, na época, o poder das esquerdas brasileiras de organizar protestos e greves gerais e mobilizar a população direta ou indiretamente prejudicada pelo legado sombrio de Temer e equipe.

Até o momento desta atualização, as esquerdas não têm conseguido pressionar o Congresso a derrubar nenhum projeto de lei ou emenda constitucional do governo ilegítimo, nem a deixar prosseguirem investigações contra os membros do Poder Executivo.

Absurdamente o princípio da ação e reação está sendo contrariado ao longo desses anos de governo ilegítimo de direita. Os três poderes “pintam e bordam” e fazem o que querem, inclusive com o dinheiro público, mas as esquerdas, os movimentos sociais e o povo como um todo (ou, pelo menos, sua parcela não conservadora) estão simplesmente imobilizados, apáticos, alienados perante tantos desmandos, e estão levando uma desesperançosa surra atrás da outra.

Este artigo permanecerá no ar como um registro histórico das esperanças que parte da população brasileira nutria pelas esquerdas nas primeiras semanas do famigerado Governo Temer.

** **

Optar pela brutalização do capitalismo e do conservadorismo e pela rejeição da modernização moral vai custar caro para Michel Temer e aliados

Obs.: Este artigo, apesar de falar estrategicamente da “necessidade” de modernização do capitalismo, não é apologista do status quo capitalista. Visa, na verdade, mostrar como a direita e elite brasileiras estão rejeitando as chances e lições que teriam, se fossem minimamente inteligentes, para manter seus ganhos a longo prazo e o controle ideológico da população. É um aviso à esquerda para aproveitar a chance que ouro, que se avizinha, de se aproveitar da estupidificação da direita e derrubá-la.

É pouco provável que Dilma Rousseff consiga reverter seu afastamento pelo Senado em maio. Mas um outro fato tem ficado cada vez mais certo de acontecer: a queda prematura também do iminente governo conservador de Michel Temer. As notícias que têm antecedido a consolidação do impeachment da atual presidenta, de medidas opressoras sendo prometidas uma atrás da outra para serem aplicadas numa só pancada, tanto mostram que a direita não aprendeu nada com a modernidade capitalista como podem despertar no povo a chama da revolta generalizada que, mesmo que não seja propriamente uma revolução anticapitalista, irá colapsar o novo mandato nascido do impeachment. (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui