Artigo
22

jun 2016

Protestos como os de 18 de março e 10 de junho parecem ter ficado só nas lembranças

Protestos como os de 18 de março e 10 de junho parecem ter ficado só nas lembranças

Ao invés de ir à rua, a esquerda parece se escorar numa vã esperança de que os “cidadãos de bem” hipnotizados pela mídia comecem sozinhos a se opor a Michel Temer

Desde o 12 de maio, dia em que Michel Temer assumiu ilegitimamente a presidência, as manifestações da maioria dos antipetistas “verde-amarelos” pararam, tanto nas ruas como nas redes sociais. Daí a esquerda tem perguntado muito, em tom retórico: “Cadê os panelaços dos coxinhas?”, já que as denúncias de envolvimento de membros da equipe de Temer com corrupção têm se multiplicado, sem que haja uma resposta dos “cidadãos de bem” outrora revoltados com o governo federal. Só que nenhum dos dois lados têm “batido panelas”. Então vale questionar: por que, enquanto pergunta dos panelaços dos midiatizados, a esquerda tem feito tão poucas manifestações equivalentes? (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui
29

maio 2015

lose

É costume de muitas pessoas de esquerda ver seu mural do Facebook todo dia parecer um rio caudaloso de notícias ruins que dão a impressão de que a humanidade “não tem jeito”. E isso aparenta ter piorado em 2015, com as tantas postagens e artigos de fanpages, sites e blogs de esquerda incitando a consternação diante de um Congresso e um governo federal totalmente desconectados do interesse público. Vale refletir sobre essa cultura de indignação impotente, e como a esquerda brasileira contemporânea não tem mais conseguido converter a comoção das pessoas em ação política popular – leia-se protestos e demonstrações físicas de revolta sociopolítica. (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui