Artigo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
31

maio 2013

Papa Francisco, um pontífice não mais sumo desde que o Vaticano "corrigiu" sua declaração sobre os ateus serem redimidos

Papa Francisco, um pontífice não mais sumo desde que o Vaticano “corrigiu” sua declaração sobre os ateus serem redimidos

Aviso: texto polêmico para católicos. Se você é católico praticante, leia por sua conta e risco.

Essa semana, o papa Francisco surpreendeu o mundo ao dizer que os ateus de bom coração e boas obras também são dignos da salvação divina. Mas, pouco tempo depois, foi “desmentido” por alas hierárquicas inferiores do Vaticano, as quais, por meio de algum porta-voz, declararam que, por não terem fé em Cristo e nos dogmas católicos, os ateus não terão qualquer redenção depois da morte. A instituição Igreja Católica, por insinuar que o “infalível” papa “falhou”, mantém sua milenar intolerância religiosa oficial a um preço muito alto: a integridade do seu moral político e espiritual.

Com essa providência que visa manter o controle sobre seus fiéis pelo medo de renunciar à fé e continuar negando o reconhecimento da dignidade de quem pensa diferente do dogmatismo católico oficial, a ICAR entra em contradição, ao revogar de forma oficiosa o dogma da infalibilidade papal – ao “corrigi-lo” – e tirar dele o moral que tinha como porta-voz de Deus. Aliás, o próprio Deus católico se mostra indeciso, falho e imperfeito, ao anunciar que redime os ateus e voltar atrás em seguida. (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui