Artigo
08

maio 2014

Print tirado pela fanpage Ruth Sheherazade. Exemplifica como o reacionarismo leva pessoas a crerem ser válido eleger para presidente gente que tem a oferecer muito ódio e nada de "proposta" política.

Print tirado pela fanpage Ruth Sheherazade. Exemplifica como o reacionarismo leva pessoas a crerem ser válido eleger para presidente gente que tem a oferecer muito ódio e nada de “proposta” política.

 

Aviso: Este artigo não argumenta que “ser um indivíduo reacionário mata”, nem que indivíduos reacionários são todos potenciais assassinos. O texto foca na ideologia reacionária e nas ações nas quais as crenças inerentes a ela são postas em prática pela coletividade. E usar falácia tu quoque, dizendo que “o esquerdismo também mata”, não é uma refutação válida ao que o texto expõe.

Há tempos o reacionarismo brasileiro deixou de ser apenas uma mera posição de reação de discordância ideológica aos progressos sociais conquistados pela esquerda. Tornou-se, dada a atitude de muitos de seus aderentes, uma ameaça tanto ao pouco de há de democracia e liberdades no Brasil como à vida de muitas pessoas, inclusive muitos inocentes. Os fatos recentes de linchamento e as (pelo menos aparentemente) crescentes demandas por golpe militar e por perseguição política violenta contra a esquerda brasileira não deixam este texto mentir. (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui