Artigo
22

abr 2016

Catracas: instrumentos usados por capitalistas para restringir acessos, frustrar desejos e cortar liberdades

Catracas: instrumentos usados por capitalistas para restringir acessos, frustrar desejos e cortar liberdades

“Liberdade” é uma das palavras mais comuns em discursos de direita, principalmente de “liberais” e “libertários” de alma reacionária. Muitos direitistas desse tipo afirmam, de peito estufado, atuar “em defesa da liberdade”, um nobre valor com que, dizem eles mesmos, todos os seres humanos deveriam contar. Só que não percebem que, se por um lado se dizem defensores de uma sociedade de pessoas “livres”, por outro estão ajudando a impor um sistema baseado em servidão, privações, barreiras e incontáveis restrições e frustrações arbitrárias de desejos – em outras palavras, um sistema fundamentado na não liberdade. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui
12

abr 2014

A "liberdade" defendida por livremercadistas, incluindo "libertários" e "anarco"-capitalistas, é idêntica à "liberdade" de um pássaro de voar e trocar de poleiro dentro de uma pequena gaiola.

A “liberdade” defendida por livremercadistas, incluindo “libertários” e “anarco”-capitalistas, é idêntica à de um pássaro de voar e trocar de poleiro dentro de uma pequena gaiola.

A liberdade talvez seja a bandeira mais alegadamente defendida pela direita, especialmente entre os liberais de livre mercado, os “libertários” e os “anarco”-capitalistas. Afirmam defender diversas liberdades individuais, como o exercício individual de todo o potencial empreendedor e o direito do indivíduo de acumular, gastar e investir suas riquezas onde e como quiser. Mas algo que não percebem é que suas bandeiras “pró-liberdade” convergem na defesa incondicional da manutenção do sistema capitalista e, por tabela, de todas as suas imposições e hierarquias. E esse sistema é bem mais próximo de um totalitarismo não estatal do que uma tradição provedora de liberdade a todos os seres humanos. Em outras palavras, os “defensores da liberdade” estão na verdade defendendo um sistema totalitário. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
26

jan 2014

Catracas, objetos que, alinhados bloqueando uma entrada a um lugar onde só se entra pagando, servem como grades intransponíveis a quem não pode pagar pelo acesso. Esse é só um dos tantos aspectos nada libertários do sistema que os direitistas defendem como um "sistema de liberdades".

Catracas, objetos que, alinhados bloqueando uma entrada a um lugar onde só se entra pagando, servem como grades intransponíveis a quem não pode pagar pelo acesso. Esse é só um dos tantos aspectos nada libertários do sistema que os direitistas defendem como um “sistema de liberdades”.

Exceto talvez os fascistas, a grande maioria da direita, pelo menos no Brasil, diz defender a liberdade. Os aspectos principais dessa defesa são a liberdade econômica, que consiste em o indivíduo acumular e usar seu dinheiro e sua propriedade privada como bem quiser, não ter que pagar tantos impostos e não ter a atuação da sua empresa regulada pelo Estado; o impedimento da instauração de uma ditadura socialista e a preservação da livre expressão. Mas não é difícil perceber que essa “liberdade” não é libertadora. Pelo contrário, paradoxalmente aprisiona todos os seres humanos num sistema acorrentador e castigador do qual ninguém poderá sair sem que ele seja derrubado. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui