Artigo
20

ago 2016

Pessoas em situação de miséria num lixão. Descubra a crença absurda, por trás do discurso da meritocracia, sobre a existência de pessoas morando em lixões

Descubra a crença absurda, por trás do discurso da meritocracia, sobre a existência de pessoas morando em lixões

Se você acredita na meritocracia capitalista como “redentora dos pobres” e que as políticas públicas do Estado contra a miséria só “atrapalham tudo”, este texto é para você

Você já leu a história da capixaba Ana Karla Nascimento, que, quando criança, morou num lixão e, depois de anos de muita luta e sentindo na pele o racismo e a pauperofobia de parte da sociedade, conseguiu concluir o curso de Direito e passar no exame da OAB?

Se ainda não leu, aconselho que leia o quanto antes. A trajetória dela, e os comentários de algumas pessoas, nos convidam a pensar sobre as implicações da defesa da meritocracia como meio de ascensão social no capitalismo.

Afinal, dessa leitura, podemos descobrir algo muito inquietante sobre pensamento neoliberal meritocrático, sobre como ele vê a existência de pessoas morando em lixões. (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui
26

out 2015

Notícias sobre atrasados no ENEM multiplicam-se na internet, todos os anos

Notícias sobre atrasados no ENEM multiplicam-se na internet, todos os anos

Aviso de conteúdo traumático: contém referências ao estupro

Todo ano um fenômeno bizarro, promovido pela mídia e por indivíduos de pouca empatia, marcado pela baixaria e pela falta de ética e de compaixão, acontece nos dias do Exame Nacional do Ensino Médio. Trata-se da espetacularização e até comicização do sofrimento de milhares de pessoas que, na maioria das vezes por infelizes injustiças do acaso, muitas vezes dotadas de um contexto de discriminação e exclusão social, são barradas de fazer a prova por causa de poucos minutos ou mesmo segundos de atraso após o fechamento dos portões dos locais de prova. (mais…)

9 Comentários

-

Leia mais aqui
19

jul 2015

meritocracia

Obs.: Este artigo não discute os erros da meritocracia capitalista. Não defendo sociedades/economias baseadas no puro mérito individual, mas precisará ser em outra ocasião que essa abordagem seja feita.

Tem-se tornado costume dar de cara com liberal-conservadores defendendo que a sociedade brasileira, do jeito que está hoje – permeada por preconceitos, discriminações e desigualdades – declare-se uma meritocracia pura e rejeite as políticas afirmativas, como cotas, cursos voltados a determinadas minorias e outras formas de “discriminação positiva”. Essas pessoas não percebem que estão nada mais do que defendendo a glorificação da cultura do preconceito e da exclusão contra múltiplas categorias de pessoas. Estão, com isso, sendo, ao mesmo tempo, racistas, machistas, heterossexistas, transfóbicos, elitistas, capacitistas, xenófobas etc. ao contribuir com a perpetuação de um quadro opressor contra múltiplas categorias. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
04

fev 2015

meritocracia

Um estudo dos estadunidenses Douglas Massey, da Universidade de Princeton, e Jonathan Rothwell, do Instituto Brookings coloca água suja no chope dos crentes no capitalismo meritocrático. Segundo ele, o indivíduo que nasce e passa seus primeiros 16 anos de vida num bairro pobre tem muito menos chances de “subir e vencer na vida” do que alguém que nasce e cresce num bairro rico ou de classe média-alta. E nem se mudando do bairro pobre para um de maior poder aquisitivo médio, a pessoa adquire chances mais significativas de ascensão social. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui
22

jan 2015

subam-na-arvore

por Antonio Inácio Andrioli

Um dos aspectos mais marcantes do atual contexto social é a exacerbada competição que aparece impregnada nas relações humanas. Embora essa tenha sido uma característica também de outros tempos, podemos notar que a sua presença é tão forte em muitos espaços da nossa vida como nos parece ser a intenção de desenvolvê-la na consciência das pessoas. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
29

dez 2014

fazdeconta-da-meritocracia

por Almir Albuquerque, do blog Panorâmica Social, adaptado

O senso comum é uma faca de dois gumes. Ele é importante no nosso dia a dia, para criar os códigos necessários para se viver em sociedade. Por exemplo, por causa dele, se você esticar o braço num ponto de ônibus o motorista vai entender que você pretende que ele pare. Se você balançar a sua mão espalmada, todos vão saber que está se despedindo.

Mas o senso comum tem um lado bem negativo também, que é o de fazer as pessoas terem ideias e opiniões sem refletir a respeito, apenas reproduzindo a ideologia dominante. Uma das maiores crenças irrefletidas que vingaram nas sociedades capitalistas – e que por isso, as pessoas aceitam como algo natural e verdadeiro – é o mito da meritocracia. (mais…)

7 Comentários

-

Leia mais aqui
14

abr 2014

fazdeconta-da-meritocracia

A direita brasileira moderna, exceto talvez alguns grupos neofascistas e/ou ultraconservadores, costuma se dizer defensora da meritocracia, da atitude do indivíduo de lutar para ascender socioeconomicamente e “vencer na vida” graças ao seu próprio esforço. Pelo menos perante a visão de mundo acostumada com o capitalismo, é um ideal “muito bonito” e, segundo algumas pessoas, todos deveriam lutar pela concretização de uma utopia na qual não existisse nenhuma outra maneira de crescimento pessoal fora o valoroso esforço meritocrático, que seria iniciado em condições igualitárias de oportunidade por cada ser humano. Mas na verdade o que a direita brasileira, pelo menos uma parcela enormemente significativa dela, defende é algo distante de uma utopia socioeconômica meritocrata. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui