Antimilitarismo
26

jan 2015

ditadura-nunca-mais

por Matheus Boni Bittencourt, adaptado

Nota: Este texto teoriza que a ditadura militar durou não até 1985, mas sim até a promulgação da atual Constituição Federal em 1988.

1. “O golpe de 1o. de abril de 1964 teve amplo apoio popular, e impediu que uma conspiração instaurasse uma ditadura de esquerda, com apoio da URSS”.

O governo brasileiro na época era constitucional e democraticamente eleito. O presidente João Goulart, o “Jango”, não era, nem jamais foi, um marxista ou anticapitalista. Fora ministro de Getúlio Vargas e Juscelino Kubtschek, o que mostra sua ligação com o populismo e o nacionalismo de centro-esquerda. O partido comunista foi banido em 1948, e distanciava-se do stalinismo desde os anos 1950. A influência dos comunistas limitava-se a alguns setores estudantis, intelectuais e sindicais. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui