Artigo
04

set 2014

Conservadores radicais falam muito de ordem pública, mas estão entre os que mais favorecem a piora das situações de desordem

Conservadores radicais falam muito de ordem pública, mas estão entre os que mais favorecem a piora das situações de desordem

Uma das mais frequentes reivindicações alegadas pelos conservadores mais raivosos no Brasil é a manutenção ou retomada da ordem, seja no sentido de paz pública ou no de equilíbrio social. Mas quando lemos as opiniões deles sobre como o Estado deveria lidar com os Direitos Humanos, as minorias políticas, os movimentos sociais de esquerda, a questão da violência urbana, as relações entre a ordem econômica e a exclusão social, as políticas de justiça social e outras questões, temos a certeza de que a “ordem” reivindicada por eles é apenas uma palavra bonita sem conceito. O resultado da soma do que defendem é o caos, a perpetuação de uma situação de desordem pública, a “garantia” de que a sociedade nunca conseguirá entrar num estado de equilíbrio social enquanto prevalecerem os interesses que defendem. (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui
08

maio 2014

Print tirado pela fanpage Ruth Sheherazade. Exemplifica como o reacionarismo leva pessoas a crerem ser válido eleger para presidente gente que tem a oferecer muito ódio e nada de "proposta" política.

Print tirado pela fanpage Ruth Sheherazade. Exemplifica como o reacionarismo leva pessoas a crerem ser válido eleger para presidente gente que tem a oferecer muito ódio e nada de “proposta” política.

 

Aviso: Este artigo não argumenta que “ser um indivíduo reacionário mata”, nem que indivíduos reacionários são todos potenciais assassinos. O texto foca na ideologia reacionária e nas ações nas quais as crenças inerentes a ela são postas em prática pela coletividade. E usar falácia tu quoque, dizendo que “o esquerdismo também mata”, não é uma refutação válida ao que o texto expõe.

Há tempos o reacionarismo brasileiro deixou de ser apenas uma mera posição de reação de discordância ideológica aos progressos sociais conquistados pela esquerda. Tornou-se, dada a atitude de muitos de seus aderentes, uma ameaça tanto ao pouco de há de democracia e liberdades no Brasil como à vida de muitas pessoas, inclusive muitos inocentes. Os fatos recentes de linchamento e as (pelo menos aparentemente) crescentes demandas por golpe militar e por perseguição política violenta contra a esquerda brasileira não deixam este texto mentir. (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui
16

abr 2014

pessoas-de-bem

Muitos conservadores de tendência reacionária estufam o peito e enchem a boca para se autointitular “pessoas de bem”, “cidadãos de bem”, “gente direita” – no caso de cristãos desse tipo, também gostam de se considerar “povo de Deus”, “homem/mulher de Deus”. Tentam assim parecer totalmente diferentes daqueles que chamam de “vagabundos”, os que cometem crimes nas ruas ou incidem no “delito” de serem beneficiados por programas de inclusão social como o Bolsa Família. Mas não é nada difícil perceber que, mesmo se formos pensar de acordo com o tradicional dualismo “bem X mal”, essa gente “de bem” carrega muito mal dentro de si. Fazem o “bem” que o diabo gosta. (mais…)

32 Comentários

-

Leia mais aqui