Artigo
04

set 2014

Conservadores radicais falam muito de ordem pública, mas estão entre os que mais favorecem a piora das situações de desordem

Conservadores radicais falam muito de ordem pública, mas estão entre os que mais favorecem a piora das situações de desordem

Uma das mais frequentes reivindicações alegadas pelos conservadores mais raivosos no Brasil é a manutenção ou retomada da ordem, seja no sentido de paz pública ou no de equilíbrio social. Mas quando lemos as opiniões deles sobre como o Estado deveria lidar com os Direitos Humanos, as minorias políticas, os movimentos sociais de esquerda, a questão da violência urbana, as relações entre a ordem econômica e a exclusão social, as políticas de justiça social e outras questões, temos a certeza de que a “ordem” reivindicada por eles é apenas uma palavra bonita sem conceito. O resultado da soma do que defendem é o caos, a perpetuação de uma situação de desordem pública, a “garantia” de que a sociedade nunca conseguirá entrar num estado de equilíbrio social enquanto prevalecerem os interesses que defendem. (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui
25

jun 2014

"Basta de corrupção" ou "Basta de corruptos da oposição"? - uma das contradições entre o discurso e a prática de muitos direitistas brasileiros

“Basta de corrupção” ou “Basta de corruptos da oposição”? – uma das contradições entre o discurso e a prática de muitos direitistas brasileiros

Algo muito curioso vindo de uma significativa parte da direita brasileira é dizerem que repudiam algo que consideram ruim e, logo em seguida, pedirem que uma variante direitista desse mesmo algo ruim seja imposto no Brasil. É uma das mais gritantes contradições de muitos militantes de direita, uma amostra de que o que menos têm ao fazerem suas reivindicações é racionalidade e lógica. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
20

jan 2014

Os que mais clamam para que a polícia "restaure a ordem" são os que mais contribuem, ao lado da própria polícia repressora, para que a situação de desequilíbrio público e social se perpetue.

Os que mais clamam para que a polícia “restaure a ordem” são os que mais contribuem, ao lado da própria polícia repressora, para que a situação de desequilíbrio público e social se perpetue.

A cada protesto nas ruas, queima de ônibus, bloqueio de avenidas ou rodovias, rebelião nas prisões ou qualquer outra manifestação que quebre a situação anterior de paz urbana, aparecem muitos reacionários vociferando de raiva e demandando que a polícia, ou mesmo o Exército, intervenha e imponha à força a retomada da “ordem”. Mas mal sabem que, ao fazerem isso ao invés de enfrentarem as causas dos rompantes de “desordem”, estão fomentando uma situação social em que nunca haverá estabilidade, nem ordem duradoura. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui