Criminalidade
28

fev 2016

porte-de-arma

Muitos direitistas assumidos reivindicam, como uma liberdade individual, o direito de andar armado. Afinal, assim “garantem o direito à autodefesa e a segurança”. Mas o que não percebem é que, entre um mundo de paz e ausência de crimes e um onde seja tornado necessário andar armado todos os dias e o tempo todo – e onde a violência só piore a cada dia –, estão optando pelo segundo. (mais…)

6 Comentários

-

Leia mais aqui