Direitos Humanos
06

jul 2014

megaeventos-violacoes-dh

Desde 12 de junho, dia da abertura da Copa do Mundo, muita gente – incluindo muitos militantes de esquerda – abandonou a solidariedade aos movimentos e cidadãos independentes envolvidos com o #NãoVaiTerCopa. Mas em momento nenhum as razões para ser contra esse evento diminuíram ou deixaram de existir. Pelo contrário, os abusos continua(ra)m, e muitos permanecem, com mais motivos ainda do que antes de 12 de junho, na resistência de esquerda anticopa. Para mostrar um pouco do porquê de eu e milhares de outras pessoas termos permanecido boicotando os jogos da Copa, divulgo o relatório Megaeventos e Violações de Direitos Humanos no Brasil – se preferir, leia o sumário executivo, que também tem informações abundantes. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui