Artigo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
05

jan 2014

A esquerda precisa sair da posição atual de criticar "ad hominem" Olavo e seus aliados e passar a realmente refutar as ideias que eles têm transmitido aos reacionários brasileiros. Ou é assim, ou a extrema-direita vai continuar crescendo assustadoramente e sem obstáculos.

A esquerda precisa sair da posição atual de criticar “ad hominem” Olavo de Carvalho e seus aliados e passar a realmente refutar as ideias que eles têm transmitido aos reacionários brasileiros. Ou é assim, ou a extrema-direita vai continuar crescendo assustadoramente e sem obstáculos.

[…]
Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.
[…]
(Eduardo Alves da Costa)

O olavismo, ideologia de extrema-direita capitaneada pelo autointitulado filósofo Olavo de Carvalho e apoiada por diversos aliados seus, vem crescendo muito nesses últimos anos. Os livros dele vêm se multiplicando nas livrarias, com direito a casulos exclusivos para ele nas prateleiras de algumas lojas e um lugar entre os 20 livros de não ficção mais vendidos no Brasil em 2013 (ver aqui também), e cada vez mais reacionários se identificam com o que ele escreve e fala. (mais…)

49 Comentários

-

Leia mais aqui