Artigo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
20

abr 2013

O mesmo mundo que chora as mortes no atentado à Maratona de Boston nega qualquer solidariedade e empatia a atentados numericamente muito piores pelo mundo.

O mesmo mundo que chora as mortes no atentado à Maratona de Boston nega qualquer solidariedade e empatia a atentados numericamente muito piores pelo mundo.

Já repararam na discriminação estadunidocêntrica de povos que vem marcando essa cobertura da mídia sobre os atentados em Boston? A mesma imprensa que hoje chora e assinala ao máximo o sofrimento das famílias e amigos dos americanos mortos ou feridos com o incidente, trata com meras notas de rodapé atentados quantitativamente muito piores em países de regiões/continentes como a África e o Oriente Médio, onde esse tipo de terrorismo é rotina mas não derrama uma lágrima sequer da maioria dos habitantes da civilização euro-americana.

Se esses atentados a bombas tivessem acontecido, digamos, na Bolívia, no Chade, no Paquistão, na Mongólia ou em Taiti, não veríamos tamanha repercussão. Iríamos ver somente poucos segundos de reportagens e menções completamente insensíveis. Da mesma forma, ações assassinas das forças armadas americanas são exibidas com uma insensibilidade formidável disfarçada de “imparcialidade”, muitas vezes chegando-se ao ponto de tornar as próprias vítimas culpadas da desgraça que sofreram – vide a estratégia da imprensa de fazer sua audiência simpatizar com o opressor e odiar o oprimido. Mas como foi nos EUA, a comoção é enorme. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
12

set 2012

Uma outra imagem antirreligiosa, divulgada por aquela mesma fanpage que diz lutar contra o preconceito contra ateus, está causando a revolta de muitas pessoas, incluindo ateus, no Facebook:

Num 11 de setembro em que diversas fanpages de humor foram apagadas por terem sido denunciadas por divulgar uma piadinha sem graça sobre o atentado terrorista de 11 anos atrás, essa fanpage compartilha uma imagem que falaciosamente reduz o contexto da tragédia à religião. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
02

maio 2012

Atualizado em 03/05/12

A imagem abaixo, de um meme pouco conhecido entre os brasileiros (a Disaster Girl), vem circulando no Facebook – eu a achei hoje de tarde em meu mural:

A imagem deixa a entender que a ameaça e o terrorismo – no sentido de atacar a casa ou outras propriedades de alguém, e não de, por exemplo, quebrar os equipamentos de um matadouro ou de um biotério – seriam formas válidas de se defender os animais. Incentiva o confronto violento entre os defensores dos Direitos Animais e os especistas, como se estes precisassem não ser educados, conscientizados e libertados do estado de ignorância, mas sim agredidos e submetidos à destruição de sua propriedade sem que isso tenha qualquer efeito positivo em sua consciência moral.

A princípio peço que algum/a leitor/a me traga exemplos de pessoas que, depois de terem suas casas ou carros destruídos, tomaram para si a consciência ética de que os animais, incluídos os humanos e não humanos, são todos dignos de respeito e direitos. Alguém que aprendeu que maltratar animais é errado apenas ou principalmente porque sua casa foi incendiada ou seu carro foi inutilizado. Que foi educado para uma nova ética por via do medo e da violência. Se me mostrarem uma quantidade numericamente grande, poderei talvez repensar sobre este post.

Mas de antemão defendo que esse tipo de imagem tem consequências nada positivas para o movimento defensor dos Direitos Animais. Falo isso por causa dos aspectos abaixo: (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui