Artigo de Outros Autores

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
03

jun 2013

Com modelo político lulista, as classes pobres brasileiras foram engessadas no conservadorismo consumista. Mal sabe Lula que, graças a isso, ele pode ser considerado um dos maiores traidores, senão o maior, da esquerda e da população oprimida do Brasil.

Com modelo político lulista, as classes pobres brasileiras foram engessadas no conservadorismo consumista. Mal sabe Lula que, graças a isso, ele pode ser considerado um dos maiores traidores, senão o maior, da esquerda e da população oprimida do Brasil.

Ivan Valente, do PSOL, escreveu um texto esclarecedor, que nos abre os olhos para o triste fato de que Lula fez bem mais pela expansão e consolidação do conservadorismo – e consequente esfriamento da luta de classe e da esperança por uma sociedade igualitária, democrática e justa – no Brasil do que muitos nomes da direita elitista nacional. Seu modelo político lulista, de subornar os pobres com benesses de incentivo ao consumismo e dar todo o poder de fato aos grandes empresários, latifundiários, cristãos fundamentalistas etc., estragou a chance que o Brasil tinha de vivenciar uma autêntica virada de jogo na situação sociopolítica de opressão e controle das classes mais pobres pelas elites.

Vale ler o texto e concluir uma triste verdade: Lula, muito longe de emancipar as classes trabalhadoras brasileiras, foi na verdade um dos maiores, se não o maior, traidor da esquerda e do povo brasileiro. (mais…)

10 Comentários

-

Leia mais aqui