Artigo
08

abr 2015

cidadegrande

Por muito tempo, o modelo de cidade centrado em avenidas, incontáveis carros, edifícios enormes e futuristas, densidade urbana esmagadora, poucos traços de verde e destruição sistemática de prédios antigos foi aclamado como a apoteose da modernidade. Mas hoje vemos o quanto isso é antiquado e incompatível com a qualidade de vida humana. Em outras palavras, a “cidade grande moderna” é algo ultrapassado que precisa ser superado o quanto antes. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui
11

fev 2015

Foto: Rafael Bandeira/Secopa

Foto: Rafael Bandeira/Secopa

Uma avenida do Recife que eu – assim como provavelmente milhares ou milhões de pessoas mais – gostaria de ver sendo demolida e apagada do mapa é a tal da Via Mangue, que liga a Ponte Governador Paulo Guerra, entre os bairros de Cabanga e Pina, às avenidas Gen. Edson Amâncio Ramalho, Fernando Simões Barbosa e Dom João VI, em Boa Viagem. Ela é um monumento ao que há de mais ultrapassado e excludente em se tratando de transporte público. Posso dizer, um monumento à vergonha, que simboliza o atraso, a carrocracia, a destruição ambiental, a injustiça social e a degradação estética no urbanismo recifense. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui